Grand Duke Besta the Smokerous of St Winifred by Winchelsea
Sábado, 17 de Dezembro de 2005

Ser Imundo das Trevas

Tu que, como uma punhalada,
No meu coração penetraste,
Tu, que qual furiosa manada
De demónios, ardente ousaste,

De meu espírito humilhado,
Fazer teu leito e possessão...
- Infame à qual estou atado
Como o galé ao seu grilhão,

Como ao baralho o jogador,
Como à carniça o parasita,
Como à garrafa o bebedor
- Maldita sejas tu, maldita!

Supliquei ao gládio veloz
Que a liberdade me alcançasse,
E ao veneno, pérfido algoz,
Que a cobardia me amparasse.

Ai de mim! Com mofa e desdém,
Ambos me disseram então:
"Digno não és de que ninguém
Jamais te arranque à escravidão,

Imbecil - se de teu retiro
Te libertássemos um dia,
Teu beijo ressuscitaria
O cadáver do teu vampiro!"


publicado por wildbeast às 16:43
link do post | diz mal ou bem | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 17 de Dezembro de 2005 às 19:01
Mr Wild ..andava preocupada com a sua ausência.
Já cá tinha vindo uma data de vezes e nada........
bem voltado :-)
bapsi
</a>
(mailto:bapsimalone@hotmail.com)


Comentar post