Grand Duke Besta the Smokerous of St Winifred by Winchelsea
Domingo, 29 de Janeiro de 2006

Valsa a quatro mãos

Dancemos uma valsa


A quatro mãos…


Façamos amor


A noite inteira.


Estremeçamos, apertemos,


Façamos voar


Os nossos corpos,


Até ao alvorecer,


No doce movimento


Dos nossos rins…


Façamos cantar


Os nossos dedos matreiros


Sobre as nossas peles nuas…


Façamos rebentar o desejo


Que nos estrangula…


Dancemos a valsa…


Busquemos todos os tesouros


À sombra da tarde cristalina…


A minha boca encontrará


Os acordes…


Os meus lábios farão


Jorrar teu ouro


Na minha garganta,


Elixir divino…


Dancemos a valsa…


 

publicado por wildbeast às 21:53
link do post | diz mal ou bem | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 31 de Janeiro de 2006 às 16:01
Quando duas mãos encontram encaixe perfeito em outras duas mãos... só pode terminar numa dança assim (...)ela que sorri
(http://searadecores.blogs.sapo.pt/)
(mailto:emmep@sapo.pt)


De Anónimo a 31 de Janeiro de 2006 às 00:09
Só quem conhece a força do amor verdadeiro assim pode escrever........sem comentários, fiquei sem palavrasmafarrica
</a>
(mailto:teresa.santos@netcabo.pt)


De Anónimo a 29 de Janeiro de 2006 às 23:17
Valsa a quatro mãos, magia a mil palavras...como sempre belo nas palavras...um abraço amigo, Amigoferrus
(http://ferrus.blogs.sapo.pt)
(mailto:ferrus1@gmail.com)


Comentar post