Grand Duke Besta the Smokerous of St Winifred by Winchelsea
Domingo, 29 de Janeiro de 2006

Alen...tudo


Um raio de Sol, que restou do Inverno


Brilhando nos dias do acaso…


O Verão no Inverno, a Lua ao contrário…


A tua mão, fazendo-se minha, no regato seco


Subindo o tempo, escutando o vento.


Um povo calado, calmo, fechado.


O mundo às costas, janelas abertas.


Um barco na areia…


Retorno de viagens ao centro de um sonho


Compondo etapas duma terra árida.


Um monte, no meio de parte nenhuma


Brilhando sereno nesse fim do mundo…


Tempo de viagens, tempo de miragens


Neste país de parte nenhuma…


Abrindo o teu mapa, no meio do tempo


A seca queimando os pulmões da terra…


Searas, no fim da viagem, planícies


O suor limpando a face, na aragem quente


Roupas brancas, trapos negros


Calor, no meio de parte nenhuma,


Escrevemos lonjuras na poeira antiga.


Aqui, vive-se longe de tudo, longe do Norte,


Na fronteira, no deserto, no fim da viagem…

publicado por wildbeast às 22:44
link do post | favorito
|
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



cusca à vontade

 

Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30
31


palavras fugidas

. . .

...

É Natal

Beija-flor III

Beija-flor II

Beija-flor I

A vida... escrita

Tormenta de existir

A dor da tristeza

Até que o sol rompa

gavetas da cómoda

Maio 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

por onde descanso a alma

Foros GratisHostingphp nukeAnuncios Clasificados GratisLibreria