Grand Duke Besta the Smokerous of St Winifred by Winchelsea
Domingo, 6 de Maio de 2007

Dunas carmesins

Olho estes homens, tão jovens,

Sem tempo para sonhar,

Vomitando as tripas

Nas brancas areias da praia…

 

Estes homens que nadam e sufocam,

Que correm e que tombam,

Tais marionetes disformes,

Fazendo a guerra,

Sonhando com a paz…

 

O mar escarlate, lava

Os restos de batalhas perdidas

Em sofrimento e horror.

Nas vinhas da margem,

A colheita será amarga

O vinho sabe a ferro…

 

Atacar, recuar, correr, matar.

Matar o inimigo… o inimigo, teu irmão,

A tua imagem no espelho disforme

Da guerra… gritando por um ideal.

 

As balas silvam e uivam

Nos capacetes, rochedos e ossos.

É preciso avançar, continuar,

Sem parar, sem pensar…

 

És a moeda dum tempo de guerra…

És um homem…

Que cai, mas que conta por mais um…

Ou… menos um…

 

E sempre os gritos de dor, de terror,

Ritmados pelo morteiro,

Cantando bemóis e sustenidos raiva,

Nota a nota, num crescendo melódico

Até ao grande final…

 

A luz, está na mira da espingarda.

Mas será o brilho da pólvora?

E será a mesma para todos?

Mesmo para aqueles,

Do outro lado da duna…?

publicado por wildbeast às 16:49
link do post | diz mal ou bem | favorito
|
4 comentários:
De minizinha a 6 de Maio de 2007 às 21:21
:(
tão intenso... tão real...
tanto receio, mesmo para quem está do outro lado do mundo.
protege-te.
beijo-te meu Amigo


De Gracinda Maia a 22 de Maio de 2007 às 02:46
Gostei. Fez-me pensar na vida real.

Beijinhos.

Gracinda.


De ela a 3 de Junho de 2007 às 20:47
Sempre por perto... Um beijo


De Lisa a 3 de Agosto de 2007 às 03:12
Por onde andam as palavras que fazem falta aqui?
um xi com cores do alentejo que amas tanto, quanto eu :)


Comentar post

cusca à vontade

 

Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30
31


palavras fugidas

. . .

...

É Natal

Beija-flor III

Beija-flor II

Beija-flor I

A vida... escrita

Tormenta de existir

A dor da tristeza

Até que o sol rompa

gavetas da cómoda

Maio 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

por onde descanso a alma

Foros GratisHostingphp nukeAnuncios Clasificados GratisLibreria