Grand Duke Besta the Smokerous of St Winifred by Winchelsea
Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2007

Asas... (para ti, bébé...)

Se eu tivesse asas para voar,

Respiraria fundo, e

Abri-las-ia…

Fortes, amplas…

No cimo duma falésia,

Ventosa,

Onde nidificam as gaivotas…

 

Cruzava este largo mar,

Afrontando cruéis ondas,

Que sobem para me deter,

Parar o meu voo,

E levar-me para as frias,

Profundas

Azul-esverdeadas tumbas…

 

E, quando a madrugada te despertasse,

Eu chegaria…

Asas cansadas,

Mas firmes,

Para tocar-te,

Apertar-te,

Abraçar contigo

Os teus sonhos…

E sentir-te…

Suave…

Calma, quente

No meu abraço…

Por fim…

publicado por wildbeast às 01:30
link do post | diz mal ou bem | favorito
|
7 comentários:
De Lilpanther a 10 de Janeiro de 2007 às 14:46
Lindo meu amor!!! Depois de tantos anos, consegues sempre surpreender-me e deixar-me ainda mais APAIXONADA... É impossível ficar indiferente à magia das tuas palavras... AMO-TE MUITO... Bébé :)


De Lilpanther a 10 de Janeiro de 2007 às 14:52
LINDO meu amor!!! Depois de tantos anos, consegues sempre surpreender-me e deixar-me ainda mais APAIXONADA... É impossível ficar indiferente à magia das tuas palavras... AMO-TE MUITO... Bébé :)


De minizinha a 10 de Janeiro de 2007 às 15:42
:)
Que belas palavras, é sempre uma emoção ler-te !!!!!
Meu querido amigo, se eu soubesse como. era eu que te oferecia essas asas, só pra te ver sorrir, feliz, descansado, como mereces!!!!

Beijo


De brutamontes a 13 de Janeiro de 2007 às 19:02
Das coisas bonitas que tenho lido, este poema inclui-se nelas. Gostei muito, senti-o. Hei-de voltar mais vezes.Parabéns


De anonimato a 13 de Janeiro de 2007 às 22:23
profundidade de alma e sentimentos de ternura é o que se sente nestas tuas palavras. Que possas voar bem alto e para onde desejes que os ventos te levem. continua a escrever, por favor. gosto de passar por aqui e deter-me um pouco.


De gegecas a 24 de Janeiro de 2007 às 01:48
Continuo a ler-te, pq será???????
Gostei.


De Oceanis a 3 de Fevereiro de 2007 às 22:59
Poeta e poesia integrados no mesmo acto.
Bons e seguros voos, Tovaritsch

Um abraço


Comentar post

cusca à vontade

 

Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30
31


palavras fugidas

. . .

...

É Natal

Beija-flor III

Beija-flor II

Beija-flor I

A vida... escrita

Tormenta de existir

A dor da tristeza

Até que o sol rompa

gavetas da cómoda

Maio 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Agosto 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

por onde descanso a alma

Foros GratisHostingphp nukeAnuncios Clasificados GratisLibreria